sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Dois parágrafos. Um sentimento.

Sempre que sonho, sinto-te comigo, e fecho os olhos.

No quarto sozinha, de olhos fechados, eu posso te ver, posso te sentir,eu sinto as batidas do teu coração,eu sinto a tua respiração,ofegante,e o teu cheiro mistura-se ao perfume do meu corpo,eu tremo,e sinto suas mãos tremerem também,meu corpo deitado,neste quarto de luzes quentes,cortinas vermelhas num clima completamente Apaixonante, pétalas de rosas brancas e vermelhas contrastam com o meu corpo moreno e a tua pele suave,e deitada te espero,anseio por seus carinhos,sua mãos leves e ao mesmo tempo firmes,tocam meu corpo,eu me rendo á Você, não nego,que beija com tanto amor cada centímetro do meu corpo.
Olho-te nos olhos, vejo sentimentos, beijo-te os lábios intensamente, e num suspiro digo-te: Eu te amo.
Corro minhas mãos pelo teu corpo, a sua pele arrepia, beijo te a nuca,com paixão,beijo-te enteiramente e intensamente,embriagando essa noite,com desejos,amor,afeto e paixão.

Poema feito pela escritora : Jessyane Moraes de Araujo
Te amoo gata