quinta-feira, 24 de outubro de 2013


Mudanças

Mudou rápido. Essa rotina, e os costumes, as manias, o anoitecer, o amanhecer, mudaram os sorrisos, o beijo , o abraço , as mãos , os corpos. Mudaram os lugares, os amigos, as famílias. Mudou-se tudo. Foi como num piscar de olhos. Era tudo que ela queria, porém vez ou outra ela sofre, reprime, adoece e muda. Ela ainda não aprendeu a lidar. Então quando tudo parece estar meio perdido ela abraça um pouco a solidão, corta seu coração com seus tristes pensamentos e por fim chora. Como dizer a ela que essa mudança ainda é dolorosa? 
Caminhe diante de seu precipício ...