quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Sobre o nosso melhor

Eu deixei meus pensamentos ao vento enquanto olhava a paisagem pela janela, árvores passavam rapidamente diante dos meus olhos, haviam pessoas, carros, casas, prédios. E foi tão de repente, que quando me dei conta percebi o que era amor. Minutos antes questionava ao meu subconsciente o que era o amor, e refleti muito. Então me veio uma resposta muito minha, de que acredito que amor é você deixar aquela pessoa que você ama livre, que se um dia por alguma razão você não estiver com ela, você desejará o seu melhor e amará com todo o carinho que você tem em você. O amor cujo significado é propriamente dito, é exatamente isso. É quando por milhares de sentimentos, você apenas escolhe amar, independente das circunstâncias, da reciprocidade, do estar presente. Só podemos oferecer aquilo que de melhor temos. E o amor é você olhar muito além de tudo que já se foi, de tudo que se é. 
É como uma luz que apenas nos transmite paz. É o olhar verdadeiro onde não precisa se dizer nada, apenas se transmitir o sentimento pela transparência desse olhar. É a felicidade compartilhada. Amamos mesmo com medo do que o sentimento possa nos trazer, porque amar é uma aventura maravilhosa, mesmo sendo rompida no físico ela permanece no psíquico e nos faz aprender o valor das pessoas.