domingo, 3 de janeiro de 2010

"Sou o que sinto"

Deixe-me escrever sobre mim, e verás a janela da minha.
Alma entrarás pelo caminho que ninguém trilhou,
Desvendarás mistérios, sentimentos e emoções pois
Quando ponho no papel tudo o que sinto e o que minha
Alma grita é como se eu pintasse meu próprio retrato com
Palavras, e desenhasse com as linhas dos mais profundos e,

Intensos sentimentos”

Eu sou o que sinto, e vivo o que penso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário