segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Quero ...

sair por ai sem medo do que possa acontecer. Quero ser revelada e não me envergonhar. Quero ter segredos só com o travesseiro. Quero deixar tudo como está e não me arrepender. Quero ajudar os outros sem me sentir intrusa. Quero sentir o vento no rosto e sorrir com isso. Quero abraços sinceros. Quero ver o por-do-sol sozinha e não me sentir abandonada. Quero me molhar na chuva e perceber que ainda posso ser criança. Quero andar sem rumo, apenas para gastar o meu tempo. Quero ter razão, mas não me sentir superior. Quero não ter vergonha de dizer oque gosto. Quero não ter que provar nada à ninguém. Quero correr contra o vento em direção ao nada e não ter que explicar essa vontade !

Nenhum comentário:

Postar um comentário