terça-feira, 26 de março de 2013

Linha tênue.

Poderia ter sido meu alicerce mas escolheu ser meu pesadelo. Era pra ter sido meu recomeço mas tem sido apenas meu fim. E nessas idas e vindas estamos nos perdendo a cada amanhecer. Era a garota que tinha escolhido para me casar, mas vejo esses planos em profunda desvantagem, quando vejo você se perdendo em minhas neuroses. Era pra ter cuidados, estou semelhante a uma taça de cristal tão frágil a se quebrar quanto a uma.
Mas parece que há uma linha tênue que está em um final tão próximo o quanto parece. Pode parecer drama, frescura ou qualquer outra coisa como você mesma diz, mas não é, é apenas insatisfação. Inúmeras parcelas de culpa são minha, sei o quanto. Mas achei que você não era quem é e hoje tenho medo de segurar sua mão, pois sei que em meio a qualquer chateação você vai me soltar ou vai seguir a minha frente ou atrás. Mas não confio que seguirá ao meu lado se em meio as nossas poucas conversas você demonstra um gostar tão estranho que eu fico um tanto assustada. Suas palavras se tornaram imensamente descartáveis diante de suas atitudes e promessas não cumpridas de mudanças nunca vistas por mim, nunca sentidas. Estamos a um fio e sinto exausta de uma luta onde já não tenho mais forças. Para mim está guerra está perdida!



Nenhum comentário:

Postar um comentário