segunda-feira, 27 de abril de 2015

A necessidade de mudar.

Muda-se tudo. As pessoas, os momentos, os sentimentos, as estações.
Mudam-se os caminhos, os colos, os amores. E o gosto não é mais o mesmo, os cheiros, os lugares, os planos. As vezes é tempo de mudar, não apenas pela mudança, mas sim pela necessidade dela. Encontrar-se consigo mesmo é indescritivelmente satisfatório. É como a lei da física de que toma como vivência "cada ação uma reação". Descobri mil maneiras de me reinventar, de me reconstruir, me amar, me cuidar.
As vezes é tempo de mudar. Não apenas pela mudança, mas pela necessidade dela. Deixar que o tempo guie, acalme, refaça. Mudar o rumo, o destino, o futuro. Mudar para o melhor que podemos ser, ter e oferecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário