sexta-feira, 30 de setembro de 2016

De platônico só tem o nome

Eu conheci uma garota, eu preciso falar sobre ela e a nossa platônica relação.
Essa garota, mais precisamente uma mulher, dos seus vinte e poucos anos, me trás felicidade sem ao menos ter me trocado contato físico. Eu conheço sua história, ela conhece a minha história. Temos uma identificação bonita, e uma sintonia impossível de ser descrita. 
Eu conheci uma mulher/menina. Ela é um oceano de beleza, não só beleza como infinidade. Não é rasa, mas sim, profunda como este oceano azulado. Eu quero falar dela, pelo bem estar que ela me causa, pela suas belas curvas e simetrias. Pela sua capacidade de lidar com as diversas situações. Pelo seu jeito único, encantador e um tanto confuso. Existe alguns quilômetros que nos divide, mas um laço de carinho que nos une e conecta de uma maneira linda.
Essa mulher tem os olhos esverdeados e brilham mais que esmeraldas, e ela sempre me ressalta esses olhos míopes rs. Mas o que chama a atenção, é seu sorriso meio tímido e ao mesmo tempo exuberante. Eu de fato poderia passar horas e horas falando dela, porque falar dela me dá felicidade, me faz sorrir com os olhos e o coração. Temos infinitas combinações, já até nos assustamos com tamanhas coincidências e gostos em comum, meu favorito é nosso gosto musical antigo, aqueles dos anos 70/80/90, é bom ter essa compatibilidade. Posso não tê-la fisicamente ao meu lado, mas todos os dias sinto sua presença, energia, seus medos, suas frustrações, angustias, dores. Sinto sua felicidade, seu bem estar, sua empatia, a gargalhada. Já sinto até seu cheiro. Aqueles cheiros de aroma da manhã, que acalmam o coração. A minha gratidão com o universo será eterna, por ter me presentado ela. É a alma gêmea que muitos falam, mas poucos sentem. Eu conheci a garota mais extraordinária que poderia ter conhecido. E ela tem seus defeitos, é meio bruta, mas tem o coração mais puro que alguém poderia ter. E ela entende de reciprocidade como ninguém. Eu conheci uma garota que ainda ei de conhecer melhor. Hoje eu deixo registrado meu amor por ela!



Nenhum comentário:

Postar um comentário